domingo, 22 de janeiro de 2012

Um conto de fadas bem maluquinho - Sheila Jorge

Era uma vez uma menininha muito fofa chamada Chapeuzinho Vermelho.

Seu nome era esse porque sua mãe fez para ela um casaquinho vermelho com um capuz e ela só usava ele, no frio e no calor.

Um belo dia, sua mãe pediu que ela fosse visitar sua vovozinha, que morava em uma casinha na floresta e estava meio dodói.

Então, ela pegou uma cestinha e foi pela estrada a fora, bem sozinha, levar uns doces para a vovozinha…

Com medo de encontrar o Lobo Mau pelo caminho, ela pegou um atalho e foi pela floresta.

Logo ela encontrou uma casinha bem bonitinha e bateu na porta: pam, pam, pam…

E uma menininha de Cachinhos Dourados abriu a porta.

Ela perguntou: – é aqui que a vovozinha mora?

E Cachinhos Dourados respondeu: – não, aqui é a casa dos 3 ursos. Quer tomar um mingau comigo?

Ela agradeceu, mas resolveu seguir seu caminho.

Logo adiante ela encontrou outra casinha e novamente bateu na porta: pam, pam, pam…

Dessa vez quem abriu foi uma linda moça branca como a neve, lábios vermelhos como o sangue e cabelos negros como o ébano.

Chapeuzinho Vermelho perguntou: – aqui é a casa da vovozinha?

E a moça respondeu: – não, aqui é a casa dos 7 anões. Quer entrar e comer uma maçã?

Ela ficou tentada a aceitar o convite, mas preferiu continuar sua procura pela casa da vovó.

Em seguida, passou por uma casa muito estranha, cheia de doces em volta, mas como escutou gritos de um menino e uma menina, ficou com medo e resolveu não bater lá… que sorte, era a casa da bruxa má que havia prendido João e Maria.

Saiu para procurar ajuda para os meninos e bateu em uma casinha de palha que ficava bem perto dali… Pam, pam, pam…

Um porquinho muito medroso, nem abriu a porta e já foi mandando ela ir embora dali por causa de um Lobo Mau que estava rondando a vizinhança.

Ela ficou mais assustada ainda e começou a chorar.

De repente, apareceu um coelho branco, de casaca e relógio, que falava sem parar que estava atrasado e ela pediu ajuda a ele.

O coelho disse que não podia ajudá-la, pois tinha que tirar uma tal de Alice da casa dele, pois ela tinha comido uma pastilha e estava enorme! seu pé até tinha entupido a chaminé dele, acredita?

Ela parou de chorar e continuou sua busca pela casa da vovozinha.

Encontrou uma casinha tão bonitinha que parecia até uma casinha de bonecas. E não é que era? Era a casa do Gepeto, pai do Pinóquio e ela nem precisou fazer pam, pam, pam na porta porque a mesma estava aberta e adivinha quem estava lá dentro: a vovozinha! jogando baralho com Eles!

Chapeuzinho ficou muito feliz por ter encontrado sua vovó e eles mais ainda por ela ter chegado com aquela cesta cheia de docinhos para adoçar o dia deles…

Xiiii, falando em doces, o que será que aconteceu com João e Maria?

Ah… eles conseguiram escapar e a bruxa se contentou em cozinhar o Lobo Mau para o jantar!

Sheila Jorge

Fonte: http://contosdeninar.wordpress.com/2011/05/15/um-conto-de-fadas-bem-maluquinho/#comments

Um comentário:

  1. Fiquei emocionada com sua postagem, Claudinha...
    vou ver se tiro um tempinho para voltar a escrever depois dessa sua força... obrigada pelo carinho!
    beijinhos e fique com Deus.

    ResponderExcluir